quinta-feira, 19 de janeiro de 2006

Evolução

Lá passei mais uma fase importante da minha vida! Após alguma evolução intelectual no sentido de tentar compreender as pessoas em vez de as julgar, achei que começava a compreender as mulheres. Muito contente com o meu progresso como pessoa, tenho o prazer de anunciar que atingi mais um patamar da vida. Acho mesmo que atingi uma fase de grande maturidade em que as ilusões se desvanecem. Não compreendo as mulheres!!!

7 comentários:

Anónimo disse...

Esquece lá isso... se adiantar alguma coisa, fica aqui a minha solidariedade... é que cheguei à mesma conclusão em relação aos homens! E já não há pachorrinha nenhuma...

Anónimo disse...

conversa da treta !
não há pachorra!!!!!!!!!

Anónimo disse...

De facto, o tema não é inovador...
mas há que dar sempre valor aos pequenos sinais, sob pena de se abrir os olhos tarde...

Rodovalho Zargalheiro disse...

No entanto, não deixa de ser curioso ter sido preciso escrever um cliché para haver tanto ímpeto em comentar, até mesmo debater.
Espero que o ímpeto não esmoreça; comentem, atormentem, mas usem um nick pá!

Guy Pascoal disse...

A compreensão das coisas, tal como a felicidade, não são coisas estáticas, diferem de momento para momento e estão sempre em constante mudança, por isso aquilo que eu hoje compreendo, amanhã já não será o mesmo, desde que, e isto é que é importante, eu não ache que já sei tudo e que já não há mais nada para fazer, agora aquilo que eu ontem compreendi, vai de certeza servir-me para aquilo que eu vou compreender amanhã, não me posso é esquecer nunca disso, nem tão pouco esquecer que aquilo que eu compreendo hoje, será, por certo, diferente do compreendi ontem e totalmente diferente do que irei compreender amanhã, esteja eu disposto em querer compreender e aceitar.

Guy Pascoal disse...

Já agora uma questão tanto para o autor como para o primeiro anonimo que escreveu um comentário.
O autor reclama que não compreende as mulheres e a comentarista reclama que não compreende os homens, conseguem voces compreeder as pessoas do mesmo sexo? Se sim, como já que, e de acordo com voces, os homens e as mulheres são incompreensiveis?!

O Autor disse...

Não me parece que haja qualquer tipo de incoerência, o que se pode concluir (e isto é o que se pode concluír, não o que se deve concluír; e isto vale para toda esta nossa tertúlia) é que as pessoas são incompreensíveis sim, mas apenas para pessoas do sexo oposto.